Fluviário de Mora

ESPÉCIE

Ciclídeos-africanos

Habitat icon
Habitat
Rios africanos, lagos Tanganyika, Niassa e Victoria
Tamanho icon
Tamanho
De 2,5 cm até cerca de 80 cm
Origem icon
Origem
Nativa de África
Alimentação icon
Alimentação
Herbívoros
(Cichlidae)

Espécies nativas de África, rios africanos, lagos Tanganyika, Niassa e Victoria. As espécies africanas desta grande Família de peixes estima-se que serão cerca de 2000 a 3000, muitas ainda por identificar e catalogar. Todas são primariamente dulciaquícolas, embora algumas espécies sejam eurihalinas e suportem águas salobras. Poucas são as espécies que ocorrem nas zonas costeiras. São espécies de hábitos primariamente herbívoros, mas podem apresentar estratégias alimentares extremamente especializadas, por exemplo, as que se alimentam das escamas – lepidofagia – e barbatanas de outros peixes. É uma Família de espécies que exibem um forte comportamento territorial, são ovíparas com fecundação externa e que apresentam estratégias reprodutivas muito diversificadas: algumas espécies depositam os ovos no substrato, folhas de plantas, troncos submersos e pedras, outras constroem ninhos no substrato, escavam arenas de reprodução, constroem pirâmides de areia com cerca 2 m de diâmetro, realizam posturas em pequenas cavernas e conchas de moluscos, entre outras. Muitas das espécies desta família incubam os ovos na boca e os progenitores oferecem protegem e cuidam da prole. Podem atingir comprimentos de 2,5 cm até cerca de 80 cm, dependendo da espécie.

Estatuto de Conservação
NE
Não Avaliado
Em Portugal
DD
Dados Insuficientes
LC
Pouco Preocupante
IUCN
NT
Quase Ameaçado
VU
Vulnerável
EN
Em Perigo
CR
Criticamente em Perigo
EW
Extinto na Natureza
EX
Extinto