Notícias e Destaques

Lampreia

As lampreias constituem um grupo de peixes ancestrais caracterizados pela ausência de mandíbulas (boca constituída por um disco oral provido de dentes “odontoides”) e barbatanas pares (barbatanas peitorais e barbatanas pélvicas). A Lampreia – marinha é uma espécie migradora anádroma que completa a fase larvar em água doce, efectuando posteriormente uma migração alimentar para o…

Herpetofauna – Anfíbios

Os Anfíbios abrangem uma grande diversidade de formas e de modos de vida imediatamente associada aos desafios colocados pela sua “vida dupla” (amphi, duplo; bios, vida) quer intrinsecamente ligada aos meios ambientes dualciaquícolas quer aos meios terrestres vizinhos.Os Anfíbios são vertebrados de pele nua e húmida, provenientes de antepassados que foram colonizado as águas quentes…

Herpetofauna – Répteis

Apresentam, normalmente, o corpo e cauda alongados, coberto por escamas de origem epidérmica ou placas dérmicas ossificadas, fundamental para impedir a dessecação dos animais.É na pele que se encontram importantes células como recetores de temperatura, de pressão ou de tacto. Uma vez que não conseguem regular a sua temperatura corporal, são mais ativos nos períodos…

Macroinvertebrados – Crustáceos

Os Macroinvertebrados aquáticos constituem uma importante fonte alimentar para os peixes, são valiosos indicadores da degradação ambiental e representam um importante papel na reciclagem de nutrientes e produtividade primária dos sistemas fluviais. Encontram-se distribuídos por todos os ambientes aquáticos e apresentam uma grande variedade de formas e ciclos de vida. Vivem junto ao substrato (e.g….

Corvina

A Corvina é uma espécie migradora que ocorre em zonas costeiras e estuários, é encontrada em toda a coluna de água entre os 15 e os 200m de profundidade. A sua reprodução ocorre de abril a julho, desovando em estuários e lagoas costeiras. Durante esta época os machos produzem um som típico, semelhante a um…

Cabra-Cabaço, Ruivo

Esta espécie pode ocorrer numa grande variedade de habitats e temperaturas (8 a 24ºC). Apresenta uma preferência por fundos móveis e rochosos entre 30 a 320 metros de profundidade. A sua reprodução ocorre de dezembro a maio. De reprodução pelágica, após a postura, os progenitores não apresentam qualquer tipo de cuidados parentais. Alimenta-se de crustáceos…